Um Violinista no Telhado

Terminado mais um ano letivo para a Classe de Teatro Musical da Contracanto, foi altura de apresentar o trabalho desenvolvido durante as várias semanas de aulas/ensaios. Desta vez, para além da sala do Centro Cultural de Carregal do Sal, os alunos puderam brilhar também no Centro Cultural de Tábua durante o fim-de-semana seguinte.

Mais um trabalho sério e bem conseguido. Mais uma vez, um público satisfeito e entusiasta nos aplausos finais. E mais uma vez, dezenas de jovens talentosos orgulhosos da sua própria superação.

Sinopse

“Um Violinista no Telhado” é um musical que conta a história do leiteiro – Tevye – e da sua família e das suas tradições religiosas judaicas, na aldeia de Anatevka, no início do século XX, numa Rússia czarista de perseguição aos judeus e às portas da Revolução Russa de 1917. A peça aborda essencialmente o confronto entre as tradições judaicas e as ‘ideias novas’ do início do século, assim como a dificuldade do patriarca em encontrar o equilíbrio entre a obediência às tradições e o Amor pelas suas filhas. Um equilíbrio tão difícil quanto o equilíbrio que deve ter um violinista em cima de um telhado. O título do musical é inspirado na pintura com o mesmo nome da autoria do pintor russo Marc Chagall. O musical estreou em 1964, foi nomeado para dez Tony Awards e venceu nove, incluindo o de melhor musical. Trata-se de mais um clássico de referência mundial no contexto dos espectáculos de teatro musical.

Até onde pode uma tradição prevalecer?

Até que ponto pode o Amor vergar?

E até quando podemos nós desistir de ser?

O que é a nossa casa, se não o lugar do nosso Amor?

O que é a nossa terra, se não as nossas pessoas?

Pela riqueza do texto e das músicas, muito exigentes do ponto de vista da interpretação e do rigor para intérpretes dezenas de anos mais jovens do que os retratados, a Contracanto Associação Cultural fez este ano esta aposta neste projeto. Com a convicção, porém, de que, pela paixão honesta dos alunos a esta disciplina e a este grupo de trabalho, seria uma aposta vencedora em termos de objetivos e de crescimento humano. O resto… são números. Não são pessoas. E, por isso, não servem o nosso propósito. Nem a nossa Natureza. Porque a nossa casa serão sempre eles! Os nossos filhos.

  • Wix Facebook page
  • Wix Twitter page
  • Wix Google+ page
  • Facebook Clean
  • Google+ Clean
  • Flickr Clean

© 2015 Contracanto